É preciso dar crédito ao vereador Jakson Charles. Dentro das suas limitações, ele é bom em falar sem parar e promover defesas a tudo que é para promover a gestão municipal. O problema é que diante das dificuldades em encontrar ações que possam ser elogiadas, a tarefa de Charles deixa de ser a de líder do prefeito ou seja aquela que defende os interesses do gabinete do prefeito para se tornar uma verdadeira aula de puxa-saquismo sem fim.

Na sessão de hoje, quarta, dia 22, Jakson Charles não tinha uma obra, nem uma ação e nem nada que o prefeito tenha feito que seja digno de elogio. E então precisou inventar com o seu talento alguma coisa que pudesse colocar Roberto Naves em evidência. E saiu-se com essa:

“O prefeito está de parabéns. Porque em 90 dias mostrou que tem diálogo, que sabe conversar e sabe negociar”.

O governo de Roberto Naves se aproxima dos 100 dias que é uma data emblemática de toda gestão e o desafio será mostrar o que foi feito até agora. A estratégia de Naves é a de comparar Anápolis com “as cidades do entorno”, como Silvânia, Leopoldo de Bulhões e Gameleira para dizer que enquanto eles atrasam os salários, ele está pagando em dia.

Anúncios